O que é o Portal da Literacia?

O Portal da Literacia para os Media é um sítio da Internet agregador de informação sobre esta temática, constituindo-se como plataforma disponibilizadora de ferramentas para promoção de projectos no âmbito da Literacia para os Media e de fóruns de debate sobre esta problemática.

Objectivos

  • Constituir-se como o centro de recursos digitais de referência nacional sobre esta matéria;
  • Promover a formação de cidadãos esclarecidos e críticos face aos media;
  • Incentivar a interacção entre os cidadãos, os media e as instituições educativas e culturais com actividades na área dos media;
  • Contribuir para inscrição da educação para os media e a literacia digital na agenda pública;
  • Valorizar a participação dos cidadãos na vida democrática, tirando partido das novas plataformas digitais e redes sociais;
  • Estimular a inovação e a criatividade nos métodos e conteúdos da formação e educação através de uma leitura crítica dos media, dos novos media e das novas redes sociais.

Destinatários

Os destinatários do Portal são todos os cidadãos, sem excepção, interessados nas questões da literacia para os media (crianças, jovens, adultos e idosos). O Portal terá conteúdos especificamente dirigidos:

  • Alunos;
  • Pais e professores:
  • Investigadores.

Conteúdos

O Portal disponibiliza, de uma forma simples, atractiva e dinâmica materiais e recursos educativos sobre os media.  O Portal colocará um enfoque especial em conteúdos multimédia de natureza pedagógica.O Portal dará particular atenção à interactividade com os seus utilizadores, disponibilizando espaço e recursos para os promotores de projectos nesta área e, bem assim, fóruns de discussão sobre diversas questões neste domínio.

 

O que é a Literacia para os Media?

O seguinte vídeo apresenta de forma sucinta o que define a Literacia para os Media.

Definições

Comissão Europeia

A literacia para os media é a capacidade de aceder aos media, de compreender e avaliar de modo crítico os diferentes aspectos dos media e dos seus conteúdos e de criar mensagens em diversos contextos.

A literacia para os media engloba todos os media, incluindo a televisão e o cinema, a rádio e a música gravada, a imprensa escrita, a internet, bem como outras tecnologias de comunicação digitais. A literacia para os media é uma competência fundamental não só para as gerações mais jovens, mas também para os adultos e idosos, para os pais e professores e para os profissionais dos meios de comunicação social.

Comissão Europeia - Media Literacy:

A «educação para os media» visa as competências, os conhecimentos e a compreensão que permitem aos consumidores utilizarem os meios de comunicação social de forma eficaz e segura. As pessoas educadas para os media são capazes de fazer escolhas informadas, compreender a natureza dos conteúdos e serviços e tirar partido de toda a gama de oportunidades oferecidas pelas novas tecnologias das comunicações. Estão mais aptas a protegerem-se e a protegerem as suas famílias contra material nocivo ou atentatório. A educação para os media deverá por conseguinte ser fomentada em todos os sectores da sociedade (...).

Directiva Serviços de Comunicação Social Audiovisual (Considerando 47)
(Directiva em formato PDF - 24 páginas - 902,93 KB)

Literacia mediática é a capacidade de aceder aos media, de compreender e avaliar de modo crítico os diferentes aspectos dos media e dos seus conteúdos e de criar comunicações em diversos contextos.
Uma sociedade com um bom nível de literacia nas questões dos media será simultaneamente um estímulo e uma pré-condição para o pluralismo e a independência dos meios de comunicação social. A expressão de opiniões e ideias diversas, em diferentes línguas, representando diferentes grupos, numa sociedade e entre sociedades diferentes contribui para o reforço de valores como a diversidade, a tolerância, a transparência, a equidade e o diálogo.

Recomendação da Comissão Europeia, de 20 de Agosto de 2009 (Considerando 11 e 16)
(Recomendação em formato PDF - 4 páginas - 721 KB)

 

Conselho da Europa

Media education can be defined as teaching practices which aim to develop media competence, understood as a critical and discerning attitude towards the media in order to form well-balanced citizens, capable of making their own judgements on the basis of the available information. It enables them to access the necessary information, to analyse it and be able to identify the economic, political, social and/or cultural interests that lie behind it. Media education teaches individuals to interpret and produce messages, to select the most appropriate media for communicating and, eventually, to have a greater say in the media offer and output.
Media education allows people to exercise their right to freedom of expression and right to information. It is not only beneficial for their personal development, but also enhances participation and interactivity in society. In this sense it prepares them for democratic citizenship and political awareness.

Recomendação 1466 (2000) da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (Pontos 8 e 9)