Glossário

Aldeia Global

Conceito desenvolvido pelo teórico Marshall McLuhan (1911-1980) para explicar a tendência de evolução do sistema mediático como elo de ligação entre os indivíduos, num mundo cada vez mais pequeno perante o efeito das novas tecnologias da informação e da comunicação. McLuhan considerava que, com os novos media, o mundo se tornaria numa pequena aldeia, onde todos poderiam falar com todos e o mais insignificante dos rumores poderia ganhar uma dimensão global.

Ver Globalização

Arquivos on-line

São arquivos da Internet que podem ter diversos formatos e são localizados por meio de diferentes siglas que se referem aos protocolos que os regem. Os tipos mais conhecidos são o e-mail (correio electrónico) e o http (hypertext transfer protocol). Este último é o usado na world wide web. Existem também os arquivos FTP (file transfer protocol), gopher, telnet, wais (wide area information servers).

Auto-estradas da Informação

Redes alargadas de alto débito e de grande velocidade, capazes de transmitir dados de todas as espécies, designadamente dados multimédia, e destinadas a desempenhar o papel de infra-estruturas da informação e comunicação ao serviço dos cidadãos, quer no plano nacional, quer no plano internacional.

Ver Internet

Banner

Peça publicitária (anúncio) utilizada na Internet. Existem em diversas formas e tamanhos.

BBS

Bulletin Board System
Sistema computacional que permite disponibilizar informações e mensagens sobre determinados assuntos para os utilizadores que acedem ao sistema à distância.

Biblioteca Digital

Sistema de informação distribuído garantindo a criação, o armazenamento fiável e o uso efectivo de colecções heterogéneas de documentos electrónicos (livros, textos, gráficos, áudio, vídeo) através de redes globais de comunicação. Sinónimos: biblioteca electrónica e biblioteca virtual.

Bits

Medida da velocidade de transmissão da informação num sistema de telecomunicações.

Blog ou blogue

É um sistema de publicação na web destinado a divulgar informação por ordem cronológica, à semelhança de um diário. Os blogues ganharam grande popularidade porque permitem que utilizadores com poucos conhecimentos técnicos de informática publiquem facilmente conteúdos na web. Os blogues inicialmente tinham um carácter pessoal mas hoje em dia são usados para todos os fins, servindo de suporte, por exemplo, a produtos empresariais ou programas de rádio.

Blogosfera

Comunidade composta por quem faz, quem disponibiliza e quem visualiza os blogues e os seus conteúdos.

Ver Blogue

Browser

Programa usado para aceder a páginas da web (http). O browser responde às instruções dos utilizadores do computador em que está instalado, interagindo com os servidores da web. Exemplos bem conhecidos são o Internet Explorer e o Netscape.

Chat

Forma de comunicação através de rede de computadores, especialmente a Internet, que permite a troca de mensagens em tempo real.

Ciberespaço

Metáfora usada para descrever o espaço não físico criado por redes de computadores, nomeadamente a Internet, onde as pessoas podem comunicar de diferentes maneiras, por exemplo, através de mensagens electrónicas, em salas de conversa (Chats) ou participando em fóruns e grupos de discussão. O termo foi criado por William Gibson no seu romance "Neuromancer".

Ver Internauta e Internet

Documento electrónico

É toda a informação armazenada num dispositivo electrónico (disco rígido, disquete, CD-ROM, fita magnética) ou transmitida através de um método electrónico (online).

E-mail

Correio electrónico
Serviço que possibilita a troca de mensagens e arquivos através de redes de computadores, como a Internet. Também se usa o termo para designar o endereço electrónico de um utilizador ou o conjunto de mensagens transmitidas por esse serviço.

FAQ (Perguntas Frequentes)

Abreviatura da expressão inglesa Frequently Asked Questions; trata-se de uma lista de perguntas sobre um determinado tema colocadas repetidamente pelos utilizadores de um determinado serviço ou sítio electrónico e que são geralmente acompanhadas das respectivas respostas por parte dos responsáveis desses serviços ou sítios electrónicos.

Fórum de discussão

Discussão sobre um determinado assunto que se processa através de uma rede de computadores interligados, como a Internet, entre assinantes de uma lista de correspondência electrónico (mailing). As contribuições dos participantes são enviadas como mensagens electrónicas para todos os assinantes.

FTP

File Transfer Protocol
É um dos serviços na Internet que permite a transferência electrónica de arquivos de computador. Existem milhares de sítios de FTP na Internet, contendo arquivos que podem ser acedidos e transferidos para um computador, conectando-se com o servidor que os contêm, através de sua localização na rede.

Globalização

Processo de integração dos mercados que resulta da liberalização das trocas, da expansão da concorrência e dos impactes das tecnologias da informação e comunicação à escala planetária.

Ver Aldeia Global

Gopher

Sistema de obtenção de informação orientado por menu.

Hipertexto

Sistema de produção ou transferência de arquivos que utilizam a linguagem html (hypertext markup language) que permite "saltar" de um ponto de um arquivo a outro, ou de um arquivo a outro arquivo, através de links (ou hiperlinks). São documentos regidos pelos protocolos http (hypertext transfer protocol), que caracterizam a world wide web.

Homepage

É a página inicial de um sítio, da qual partem os links (ligações) para todas as páginas nele contidas.

HTML

HyperText Markup Language
Linguagem utilizada nas páginas da web, que oferecem o recurso do hipertexto.

HTTP

HyperText Transfer Protocol
Protocolo que permite movimentar-se na world wide web, acedendo, enviando e recebendo arquivos de textos, imagens, sons e vídeo. Caracteriza documentos de hipertexto, utilizados na web.

Internauta

Pessoa que utiliza a Internet ou que “navega” pela Internet. Sinónimo: cibernauta. O termo “internauta” resulta de uma contracção das palavras “Internet” e “astronauta”, enquanto o termo “cibernauta” provém de uma contracção das palavras “ciberespaço” e “astronauta”.

Ver Ciberespaço e Internet

Internet

Conjunto de redes de computadores. O termo refere-se, especialmente à Internet de âmbito mundial, de acesso público e descentralizada, constituída por um conjunto de redes de computadores interligados por roteadores que utilizam um protocolo comum de transmissão, o TCP/IP. Oferece serviços de correio electrónico, chat e acesso a arquivos de diversos formatos, dos quais os arquivos http, da world wide web, são os mais populares.

IRC

Internet Relay Chat
Serviço que permite a vários utilizadores trocar mensagens pela Internet, em tempo real.

Link

Também conhecido como hiperlink ou ligação, este recurso permite o salto de um documento para outro, através do direccionamento para diferentes localizações (URLs).

Literacia para os Media

É a capacidade para aceder, compreender e avaliar de uma forma crítica os diferentes aspectos dos media e dos seus conteúdos, bem como criar mensagens em diferentes contextos.

Motor de busca ou motor de pesquisa

É um sistema de software que permite encontrar informações armazenadas num sistema computacional a partir de palavras-chave indicadas pelo utilizador, reduzindo o tempo necessário para encontrar informações. Os motores de busca surgiram logo após o aparecimento da Internet, com a intenção de prestar um serviço extremamente importante: a busca de qualquer informação na rede, apresentando os resultados de uma forma organizada, rápida e eficiente.

Newsgroups

Listas de discussões sobre assuntos variados. É um serviço oferecido por muitos provedores da Internet.

Pixel

A mais pequena superfície homogénea constitutiva de uma imagem.

Publicação online

Publicação electrónica acessível por meio de uma rede de computadores, como a Internet.

Servidor

É um computador (ou programa) que permite disponibilizar serviços a um utilizador ou a outro computador.

Site ou Sítio

Conjunto de páginas que guardam entre si uma relação de conteúdo e que são da responsabilidade de um indivíduo, empresa, ou organização.

SMS

Abreviatura da expressão inglesa Short Message Service; trata-se do serviço de mensagens curtas, comum nas redes de comunicações móveis.

SPAM

Mensagens de correio electrónico enviadas para utilizadores que não as solicitaram e com os quais os remetentes não mantêm qualquer vínculo de relacionamento pessoal, e cuja quantidade compromete o bom funcionamento dos servidores de correio electrónico.

TDT

Abreviatura de Televisão Digital Terrestre: designação atribuída ao sistema de televisão digital difundida por via hertziana ou terrestre, baseado na norma DVB-T (Digital Video Broadcasting — Terrestrial), que vem substituir o actual sistema analógico terrestre, e que proporcionará através de uma maior eficiência, mais serviços de programas televisivos, com melhor qualidade e adicionalmente a possibilidade de serviços interactivos e a recepção de conteúdos em Alta-Definição.

Teleconferência

Comunicação interactiva entre participantes, em locais diferentes, através de dispositivos de telecomunicações.

Ver Videoconferência

Telnet

Serviço que permite o acesso a outros computadores que estão na rede, pertencentes a universidades, bibliotecas públicas, etc., desde que se disponha de acesso aos computadores.

URL

Uniform Resource Locator
Protocolo elaborado por Tim Berners-Lee, criador da world wide web, e outros especialistas, o qual utiliza uma sequência de letras, números e outros sinais para fornecer as informações necessárias à localização de um documento na Internet. O URL funciona como um "endereço" virtual.

Versão de um documento

Também chamada de edição, a versão é a forma que o documento adquire através de uma modificação que, entretanto, não altera a identidade do documento. Um periódico pode ter uma versão on-line e uma versão impressa, por exemplo.

Videoconferência

Sistema usado para a comunicação vídeo, áudio e de dados entre pessoas localizadas à distância umas das outras: as pessoas podem ver-se umas às outras e falar umas com as outras.

Ver Teleconferência

WWW

World Wide Web, ou apenas web
A rede de alcance mundial, criada por Tim Berners-Lee, que concebeu a maneira de associar, por meio de links, documentos armazenados em qualquer computador ligado à Internet, através de um localizador denominado URL. É uma parte da Internet que interliga todos os documentos de hipertexto, regidos pelos protocolos http (hypertext transfer protocol), ou seja, documentos que utilizam a linguagem html (hypertext markup language) que permite passar de um arquivo a outro através de links (ou hiperlinks). A web é administrada por um consórcio de empresas e instituições (W3C – World Wide Web Consortium), que define protocolos, padrões e orientações para o uso da rede.